Acesso Restrito

Esqueci a senha?

Notícias

Nossa seção de notícias, fique informado.

Notícias

MT terá terceira unidade de produção de etanol de grãos

MT terá terceira unidade de produção de etanol de grãos Postado em October 30, 2014

Com a alternativa de gerar renda extra na entressafra e de aproveitar a abundância da matéria-prima (grãos) no estado, o Mato Grosso se prepara para uma nova temporada de produção de etanol com uma nova unidade em operação. Trata-se da Usina Pantanal, que se somará a mais duas (Usimat e Libra) na produção de etanol de grãos na entressafra, a partir de janeiro próximo.

As duas unidades flex do estado produziram nessa safra 70 milhões de litros de etanol de grãos. Segundo Jorge dos Santos, diretor do Sindalcool-MT, o Estado produziu 18,4 milhões de toneladas de milho em 2014, mas consumiu apenas 3 milhões de toneladas. “Como alternativa para consumir essa produção estão as usinas flex, que se tornaram absolutamente viáveis para moer grãos”, lembra.

Vantagem sobre a gasolina

Há oito anos, segundo Santos, o etanol é mais vantajoso do que a gasolina no estado (64% do preço da gasolina). “Isso é possível por causa da política tributária do estado e assim, fazemos chegar essa vantagem ao consumidor. Trata-se de um regime de estimativa que baseado nos mercados e na produção, estabelecem um valor a ser recolhido e quatro vezes ao ano há uma reavaliação. Se houve ganho paga-se a diferença, se não, o produtor ficará com crédito, e isso é um dos maiores fatores de competitividade do etanol no estado”, enfatiza.

Case da Usimat será apresentado no evento
Usimat gera renda extra com etanol de grãos
Ele admite que 50% produção fica no estado e o restante vai para estados como o Acre, Rondônia e Amazônia. “O frete para Paulínia é hoje R$ 0,18/litro, e já chegou a R$ 0,22/litro. Assim, não dá para competir, porém escoando para o Norte, o frete gira em torno de R$ 0,10 a 0,12. Para Manau,s parte do escoamento é feito sobre o rio madeira, que o faz mais competitivo. No estado o etanol com impostos sai a R$ 1,40/litro da usina, sendo que o Mato Grosso é substituto tributário de 100% da cadeia produtiva ou seja, quando o etanol sai da usina já sai tributado até o consumidor final. No posto está sendo vendido em torno de R$ 1,97/litro, com uma média estadual em torno de R$ 2,05 a 2,08/litro, devido principalmente as distâncias geográficas”.

Etanolduto

Santos comenta que o Etanolduto chegou a Uberaba, e deve chegar a Jataí até 2017. “Há boas expetativas que chegue ao Mato Grosso. Faço parte da equipe de articulação e conversei com o atual governador essa semana de que temos que batalhar para que isso aconteça. Se isso acontecer poderá garantir a inclusão de pelo menos 1,5 milhão de ha para produzir etanol, e assim, poderemos nos tornar o maior produtor de etanol do país. O governo está apoiando desde o início nosso pleito. Temos 1,5 milhão de ha localizados em municípios reprimidos economicamente e que têm interesse de atrair novos investidores, principalmente com a política tributária que facilita muito a competitividade. Aliado a isso, também necessitamos de políticas do governo federal que incentivem o etanol”, reforça.

 

Fonte: JornalCana.

Últimas Notícias

Embraer e WEG fazem parceria para desenvolver avião elétrico

Embraer e WEG fazem parceria para desenvolver avião elétrico

Leia mais
Fiat Chrysler apresenta proposta de fusão à Renault

Fiat Chrysler apresenta proposta de fusão à Renault

Leia mais
Grupo HEINEKEN inaugura parque eólico no Ceará

Grupo HEINEKEN inaugura parque eólico no Ceará

Leia mais

Localização


Rua Severino Massa Spinelli, 270, Sala 20,
Tambaú, João Pessoa / PB
CEP: 58039-210

(83) 3021.8821
(83) 99336.5973
(83) 99336.4318
(81) 99487.2507
atendimento@dmepreditiva.com.br