Acesso Restrito

Esqueci a senha?

Notícias

Nossa seção de notícias, fique informado.

Notícias

Agropecuária lidera os números da economia brasileira em 2015

Agropecuária lidera os números da economia brasileira em 2015 Postado em November 12, 2015

11/12/15 - A agropecuária continua liderando a economia brasileira em 2015, apesar das dificuldades conjunturais. O Produto Interno Bruto (PIB) do setor agrícola não terá crescimento este ano, tendo em vista a retração econômica enfrentada pelo País, com inflação em alta, aumento substancial do desemprego e da instabilidade política. Porém, a participação da agropecuária no PIB saltou de 21,4% para 23%.

Enquanto os outros setores da economia fecharam 900 mil vagas de emprego, o setor agropecuário mantém os bons índices de produtividade, graças aos elevados conhecimentos tecnológicos utilizados na produção brasileira, que asseguraram saldo positivo de quase 75 mil vagas de emprego, de janeiro a outubro. Estima-se uma colheita de grãos de quase 210 milhões de toneladas, na safra 2014/2015, crescimento de 8,2% em comparação com a safra do biênio anterior, conforme projeções da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

O presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins, considera que os números demonstram a pujança da agropecuária brasileira. Segundo ele, o crescimento da "produção de grãos no País tem sido uma associação entre o respeito do produtor à preservação do meio ambiente e os elevados índices de produtividade do setor agrícola brasileiro".

A agropecuária foi o mais dinâmico setor exportador, segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Universidade de São Paulo. A desvalorização do real frente ao dólar contribuiu para tornar o produto brasileiro ainda mais competitivo no mercado externo. A expectativa é que o volume de produtos do agronegócio exportado confirmem recordes em 2015, com aumento de até 17%. Além disso, a participação do agronegócio nas exportações passou de 43% para 48%, consolidando o setor como o líder nas vendas externas. Produtos florestais, soja e milho destacam-se entre as cadeias produtivas com bom desempenho.

Entretanto, a queda nos preços internacionais das commodities tem afetado a receita de comércio exterior do setor. Em 2015, as vendas externas do agronegócio brasileiro devem apresentar valor 8% abaixo do verificado em 2014, atingindo US$ 89 bilhões. Para os segmentos como leite, ovos e suínos, por exemplo, a perspectiva é de leve queda. As dificuldades econômicas enfrentadas pelo País, aliadas à queda nos preços das commodities e à instabilidade da moeda brasileira, são determinantes para essa redução.

Contudo, apesar das dificuldades, 2015 foi marcado por significativo avanço no acesso a mercado para alguns produtos. Países de importância econômica como Estados Unidos, Rússia, Argentina, África do Sul e Japão retiraram embargos ou começaram a importar produtos brasileiros, como lácteos, carnes bovina, suína e de frango e farinha de carne. O que reforça, ainda mais, o papel fundamental do setor nas exportações brasileiras.
 

Últimas Notícias

Embraer e WEG fazem parceria para desenvolver avião elétrico

Embraer e WEG fazem parceria para desenvolver avião elétrico

Leia mais
Fiat Chrysler apresenta proposta de fusão à Renault

Fiat Chrysler apresenta proposta de fusão à Renault

Leia mais
Grupo HEINEKEN inaugura parque eólico no Ceará

Grupo HEINEKEN inaugura parque eólico no Ceará

Leia mais

Localização


Rua Severino Massa Spinelli, 270, Sala 20,
Tambaú, João Pessoa / PB
CEP: 58039-210

(83) 3021.8821
(83) 99336.5973
(83) 99336.4318
(81) 99487.2507
atendimento@dmepreditiva.com.br